Um retrato da saúde brasileira – um desabafo de dois médicos

“Direito” à saúde

A área da saúde pode ser — e é! — negativamente influenciada pela interferência das ideologias socialistas e, consequentemente, da intervenção estatal.  Este artigo foi escrito por quem está do lado de cá: clinicando, operando e passando por todo o tipo de dificuldades em tentar ser médico em um país onde a pérfida influência comunista, na disfarçada figura da social democracia, já lançou de forma quase que definitiva seus tentáculos.

Talvez devamos iniciar com uma das frases mais ditas nos últimos 30 anos, minuciosamente pensada e formulada pela inteligentsia: “Saúde, um direito de todos”.  Tal afirmação positiva é uma grande falácia.

 

 

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1866